4ps do Marketing: Pilar para o sucesso da sua empresa

Se você estuda ou estuda mercadologia, já deve ter ouvido falar dos 4ps do marketing. Este conceito foi popularizado em 1950 por Neil Borden e mais tarde o autor Philip Kotler disseminou a teoria ao redor do mundo.

Também conhecido como mix de marketing ou marketing misto, os 4 Ps são a base para a estruturação das estratégias de marketing das empresas crescer exponencialmente. Outras variações com mais Ps foram criadas posteriormente, mas 4 Ps foi o método primário.

Neste artigo, você aprenderá quais são os 4 Ps da mercadologia e como eles impactam o seu negócio.

Você vai ler sobre:

  • O que é Mercadologia 4P?
  • Que fatores determinam o mix de mercadologia?
  • Elementos do Mix de Marketing – Os 4 Ps;
  • A importância dos 4 Ps do marketing no mundo dos negócios.

Antes de se aprofundar nos resultados que o 4Ps pode trazer para a sua empresa, conheça mais sobre a AGNC Marketing e Publicidade, estamos no mercado desde 2017 ajudando pequenas, médias e grandes empresas a se profissionalizarem no mercado do marketing digital.

CLIQUE AQUI PARA FALAR COM O NOSSO ATENDIMENTO.

Antes de se aprofundar nos resultados que o 4Ps pode trazer para a sua empresa, conheça mais sobre a AGNC Marketing e Publicidade,
Antes de se aprofundar nos resultados que o 4Ps pode trazer para a sua empresa, conheça mais sobre a AGNC Marketing e Publicidade,

O que são os 4Ps do marketing?

O objetivo da mercadologia é manter os consumidores avisados e interessados ​​na marca. Um mix de marketing de 4 pontos (Mercadologia Mix ou Mercadologia Composite) é um conjunto de fatores que as empresas podem utilizar para implementar estratégias que ajudarão a alcançar resultados positivos de vendas.

Conjunto de 4 Ps: produto, preço, Localização e Promoção. A partir desses pilares, a companhia promoverá, venderá e fortalecerá a marca.

Como dissemos acima. Outras ideias foram criadas. relacionado a 7 ou 8 Ps. No entanto, 4 Ps é o pilar mais importante. Consequentemente, vamos nos concentrar apenas nesta mensagem.

Combina 4P com uma estratégia de planejamento direcionada ao público certo. A comercialização foi muito bem sucedida.

 

4ps do Marketing: Quais fatores determinam o Mix de Marketing?

O mix de mercadologia é influenciado por uma série de fatores internos e externos. Isso deve ser levado em consideração ao determinar a estratégia esses fatores incluem:

Estagiário

Fatores na organização e relacionados ao clima dentro da empresa aqui estão alguns exemplos:

  • Os objetivos da marca;
  • Os produtos;
  • O ciclo de vida dos produtos;
  • Recursos disponíveis.

 

Externos

Os que estão fora da organização geralmente são sociais, culturais e políticos. Algumas pessoas:

  • O nível de competição do nicho;
  • O comportamento do consumidor;
  • A eficiência dos canais de comunicação;
  • O controle do governo.

Os que estão fora da organização geralmente são sociais, culturais e políticos. Algumas pessoas:

Elementos do Mix de Marketing – Os 4ps do Marketing

Vejamos mais de perto cada um dos “Ps” do Mix de Marketing: produto, preço, praça e promoção.

4Ps do Marketing – Produto1. produtos

A pedra angular dos 4 Ps do marketing de produto. Afinal, você é um agente marítimo de uma empresa, certo? Sem ele, é impossível vender e promover.

E não se refere apenas ao produto tangível, mas também aos serviços, ideias e aspectos da identidade da empresa. É preciso entender que o mix de produtos é o conjunto de produtos e serviços oferecidos pela organização.

Você pode começar a pensar em seu mix de produtos fazendo as seguintes perguntas:

É um produto físico ou digital? Qual é a sua forma, estilo, tamanho e cor?

Qual é a finalidade do produto? Qual problema ele promete resolver?

De quem é o produto?

Como e quando o cliente poderá usá-lo?

Diferenciação competitiva do produto em relação aos concorrentes?

Qual é o nome da marca e como ele se relaciona com a marca?

4Ps de Marketing – Preço2. Preço

Preço é a quantidade de dinheiro que um cliente deve pagar para comprar um produto. É a receita da empresa que vai se sustentar.

Para definir o preço do seu produto, você precisa entender a estratégia. Primeiramente, seu cliente deve estar disposto a pagar esse valor, caso contrário a empresa não conseguirá lucrar. Além disso, o valor está diretamente ligado à qualidade e custo-benefício.

Portanto, se você deseja vender por um preço alto, seu público deve ver os benefícios que valem o investimento.

Aqui estão alguns fatores a serem considerados ao definir o preço:

Métodos e técnicas de precificação;

Descontos;

Momento do pagamento;

Política de crédito.

Leia também:

ROI: Aprenda a fórmula de retorno sobre o investimento

Por exemplo, uma empresa como a Renner distribui produtos tanto em lojas físicas quanto por meio de e-commerce.
Por exemplo, uma empresa como a Renner distribui produtos tanto em lojas físicas quanto por meio de e-commerce.

4Ps do marketing – square3. Quadrado

Nesse contexto, a palavra praça representa o local onde o produto é vendido e os canais de distribuição utilizados para levar o produto ao consumidor. Por exemplo, uma empresa como a Renner distribui produtos tanto em lojas físicas quanto por meio de e-commerce.

O aumento da renda vai depender muito da praça. Afinal, quanto mais rápido seu produto chegar ao consumidor, mais satisfeito ele se sentirá e mais fiel será ao produto. Somado a isso, mais oportunidades para o seu cliente voltar a fazer negócios com você.

4ps do Marketing: Estes são alguns elementos que compõem um bom mix de distribuição:

Canais de distribuição e pontos de venda;

Armazenar;

Gestão de produtos;

Transporte;

Gestão de ativos;

Processamento de pedido.

4Ps do Marketing – Promoção4. Promoção

Para completar os 4 Ps do marketing, vamos ao elemento promoção. Promoção não está relacionada a ofertas e vendas, mas ao ato de promover um produto ou produto. O objetivo é persuadir o consumidor a comprar.

E como é feito? É simples: difundir a mensagem em uma linguagem que alcance efetivamente seu público-alvo. E é aí que entram as diferentes estratégias de marketing: marketing digital, marketing de saída, marketing de entrada, entre outros.

As principais características de um bom mix promocional são:

Marketing e publicidade;

Relações públicas;

Marketing externo;

Marketing interno: redes sociais, blogs, e-mail marketing, etc.;

Promoção de vendas.

 

Como começar bem com Marketing digital para empresa MEI

Marketing digital para empresa MEI: Iniciar um negócio hoje no Brasil está cada vez mais fácil, para se ter uma noção é possível abrir uma empresa 100% digital sem sair de casa e começar a conquistar os primeiros clientes também pela internet.

Para se ter uma noção, somente no ano de 2021, mesmo com recuo, foram abertas 3,9 milhões de empreendimentos individuais no Brasil, considerando que estávamos no pico da Covid-19, foi um recorde de novas empresas. Porém, um dado negativo, no mesmo período cerca de 600 mil empresas fecharam as portas e esse número pode ser elevado para mais.

Porém, segundo dados do Sebrae muitas empresas quebram mesmo antes de conquistar os primeiros clientes devido à falta de sabedoria administrativa dos sócios e a total ausência de planos de marketing digital.

O MEI (Micro Empreendedor Individual) é uma classificação de empresas onde só é permitida apenas um sócio e apenas um funcionário registrado, considerando que todo o MEI que está começando ainda não tem caixa para contratação de trabalhadores, todas as atividades das empresas pesam sobre o proprietário.

Para se ter um exemplo, se o Micro Empreendedor Individual é um jardineiro, o mesmo precisa tratar das negociações, ir até o local executar os serviços, guardar zelar pelos equipamentos, receber, pagar e de quebra fazer sua própria divulgação, isso quando há tempo na agenda.

Assim, separar um orçamento, mesmo que seja mínimo, para fazer o próprio marketing digital é essencial para o futuro da empresa, afinal a máxima “quem não é visto não é lembrado” é ainda constituição do marketing digital.

Como Fazer Marketing digital para empresa MEI Você é um Micro Empreendedor Individual? Saiba como fazer o Marketing Digital para empresa MEI de forma correta e conseguir clientes.
Empresario MEI que sabe que a empresa é um futuro sucesso sabe como investir e onde investir.

Soluções de Marketing Digital para o MEI conseguir seus primeiros clientes

O Google Ads, ou mais conhecido como Anúncios no Google, é ferramenta mais indicada para empreendedores conseguir seus primeiros clientes. Embora o seu visual assuste algumas pessoas, o Google otimizou o layout e criou anúncios guiados por tutoriais para criar anúncios rápidos.

Impulsionar publicações no Facebook ou Instagram também é uma ótima opção para conquistar seus primeiros clientes nas redes sociais. Crie uma arte bem bacana listando seus serviços, adicione seu telefone e email, depois impulsione para toda a sua região.

Crie um site para sua empresa MEI aparecer nos buscadores e conseguir mais clientes. Lembrando que, o site é a porta de entrada para novos clientes. Ferramentas como Wix, Webnode e Google Sites são plataformas de criar sites em minutos.

Tenha um E-mail para receber orçamentos, faturas, boletos, cobrar e contratar fornecedores. O e-mail é a comunicação formal entre empresas e clientes. Você pode criar seu email gratuito usando o G-mail ou o Outlook (Hotmail, Live) tem também uma opção brasileira e gratuita, o Bol é um servidor de e-mail do grupo do Uol, PagSeguro e Pagbank.

Como Fazer Marketing digital para empresa MEI Você é um Micro Empreendedor Individual? Saiba como fazer o Marketing Digital para empresa MEI de forma correta e conseguir clientes.
Uma empresa MEI pode alcançar voos mais altos com um marketing digital bem estruturado para captação de novos clientes.

Quero profissionalizar o Marketing Digital da minha empresa MEI como faço?

Lembra no início desse artigo que falamos que o marketing digital é o setor da sua empresa responsável pela futura da empresa, então, ele também é responsável de fazer o MEI alcançar um patamar ao nível de seus concorrentes.

Mas o que é profissionalizar o marketing digital da minha empresa? Quando uma empresa deixa de cuidar o seu marketing e terceiriza todas as ações de marketing para uma agência especializada.

Uma agência de marketing digital vive diariamente e entende como funciona todas as ações que farão a sua empresa decolar, por isso essa é uma escolha apenas das médias e grandes empresas, mas não é restrito apenas a elas.

A AGNC Marketing trabalha com pequenas e médias empresas possibilitando que empresas MEIs também possam profissionalizar seu marketing, você pode conhecer mais sobre a agência clicando neste link.

 

 

8 dicas infalíveis para montar sua própria Startup

YouTube, Uber, Airbnb, LinkedIn – todas essas empresas populares começaram como startups. A chave do sucesso foram as ideias originais e a entrada oportuna no mercado. O empreendedorismo está no auge e qualquer um pode começar seu próprio negócio, seja uma confeitaria de bolos, um advogado robô ou lançar uma rede social para colegas de trabalho. Leia como iniciar um negócio do zero e veja o passo a passo neste artigo. No final, um bônus está esperando por você – três novas startups com um alto potencial, de acordo com a “Forbes”.

Por que começar um negócio do zero?
Você quer ter seu próprio negócio e não sabe por onde começar? Existem duas opções: desenvolver tudo do zero ou comprar um negócio pronto. Aqui estão três razões pelas quais a primeira opção é a melhor solução para iniciantes.

Motivação:as startups de sucesso começaram com uma ideia: jovens empreendedores criando algo para solucionar algo que lhes faltava. Quando você está envolvido em um negócio adequado aos seus interesses ou experiência, trabalha com mais eficiência e confiança.
Finanças:você está ciente de todos os riscos nos primeiros estágios e decide por si mesmo se investe seu capital, toma emprestado ou atrai investimento. Você pode continuar trabalhando por um tempo até que a startup gere uma renda estável.
Controle:você não terá surpresas desagradáveis que podem vir de um antecessor: um empréstimo bancário, problemas de aluguel ou funcionários ineficazes.

Como criar uma Startup do zero: 8 etapas principais

Determine o seu valor

Faça uma lista do que você faz de melhor ou do que gosta de fazer. Como iniciar uma startup sem dinheiro? Pense no conhecimento e nas habilidades que você ainda não usou, mas que pode potencialmente monetizar. Por exemplo, você pode organizar viagens ou consegue explicar claramente tópicos complexos.

Faça a si mesmo estas perguntas:
Deseja mudar de negócio ou continuar a crescer na área em que você está trabalhando e familiarizado atualmente?

Você tem um hobby que pode ser transformado em renda?

Atualmente você tem conhecimento suficiente ou precisa de treinamento adicional?

Analise o mercado e selecione um nicho

Para escolher uma opção de negócio, você precisará analisar o mercado: considere o ambiente competitivo e o momento ideal do lançamento de um novo produto. Por exemplo, a Uber surgiu durante uma crise econômica, quando as pessoas precisavam de renda extra.

Leia como iniciar um negócio do zero e veja o passo a passo neste artigo. No final, um bônus está esperando por você – três novas startups com um alto potencial. (Imagem: Ilustrativa)
Leia como iniciar um negócio do zero e veja o passo a passo neste artigo. No final, um bônus está esperando por você – três novas startups com um alto potencial. (Imagem: Ilustrativa)

O que fazer:
Crie uma tabela detalhada dos concorrentes, liste os pontos fortes e fracos;

Teste o nicho escolhido: coloque anúncios na Internet, envie e-mails para clientes em potencial, crie um blog ou uma landing page e rastreie o tráfego;

Realizar pesquisa de palavras-chave nos motores de busca: analise o número de resultados para suas consultas;

Realizar pesquisas entre amigos, redes sociais ou fóruns.

Defina uma proposta de venda exclusiva (USP)

As vendas não serão eficazes sem uma proposta de venda exclusiva e sem a promoção da marca. Por que as pessoas deveriam escolher você? Qual é a sua proposta especial? Quais benefícios você oferece? O que seus clientes querem e quais problemas eles têm? Respondendo a essas perguntas de maneira breve e clara, você terá a sua USP.

Faça um plano de negócios

Um plano de negócios é um guia passo a passo para sua startup. Você descreve o produto, a USP, os concorrentes, os mercados, as metas, os cálculos financeiros e a estratégia de marketing.

Dica: não tente fazer um plano de negócios perfeito para cinco anos imediatamente. Um erro comum para iniciantes é se envolver muito no planejamento e não começar a agir. Considere apenas os detalhes que você precisará nos primeiros estágios: que tipo de capital inicial você possui, como e quando planeja obter lucro, se existem muitos concorrentes, qual estratégia de marca você usará, qual é a sua proposta exclusiva de venda. Após alguns meses, analise e ajuste a estratégia.

Cerque-se de profissionais

Uma equipe forte é um dos fatores de sucesso para uma startup. Você não poderá lidar sozinho com todas as tarefas. Por exemplo, no par de Steve Jobs e Steve Wozniak, o primeiro foi responsável pela promoção e o segundo, pela parte técnica da startup. Onde encontrar membros para a sua equipe:

observe atentamente sua família e amigos;

peça conselhos aos amigos;

publique a vaga para o trabalho na Internet: em sites de busca de emprego e em grupos especializados de mídia social.

Fazer publicidade e buscar clientes

Como iniciar um negócio? Fale sobre você e atraia clientes. Geralmente, os recursos para iniciantes são limitados, mas isso não deve impedi-lo, porque existem métodos de promoção gratuitos e eficazes. Comece com eles e depois vá para as ferramentas pagas. Use o máximo de canais:

boca a boca;

redes sociais;

site, blog ou landing page (página de destino);

artigos de convidados em blogs e mídia;

publicidade: direcionada, contextual, rádio ou imprensa;

participe de eventos temáticos, conheça potenciais parceiros e clientes.

Leia como iniciar um negócio do zero e veja o passo a passo neste artigo. No final, um bônus está esperando por você – três novas startups com um alto potencial. (Imagem: Ilustrativa)
Leia como iniciar um negócio do zero e veja o passo a passo neste artigo. No final, um bônus está esperando por você – três novas startups com um alto potencial. (Imagem: Ilustrativa)
Os elementos de publicidade são promovidos com os elementos de marca, como um slogan e um logo. Use-os em todos os canais de marketing: coloque o logotipo como imagem de perfil nas redes sociais, o coloque no site e o utilize também em campanhas publicitárias. Você pode criar por conta própria um logo e um slogan (isso exigirá habilidades de edição de fotos e conhecimento em design), pode contratar um designer ou, então, usar um gerador, como o criador de logo online Logaster.

Criar uma base de clientes

Você já reuniu uma pequena audiência ao seu redor. Agora você precisa conquistar a lealdade dela e manter o interesse na marca. Aqui estão algumas maneiras para isso:

seja ativo nas redes sociais: faça posts regularmente e dê feedback;

ofereça descontos para clientes regulares;

organize eventos para os feriados;

crie um newsletter por e-mail.

Analise os resultados e dimensione o seu negócio

Você tem clientes fiéis, uma renda estável e contatos profissionais? É hora de ajustar o seu plano de negócios, condensar o trabalho e definir novas metas.

Analise os erros. Pense no que você não considerou nos primeiros estágios e como corrigir isso.

Registre as suas conquistas. Lembre-se de como conseguiu: você pode usar as técnicas de sucesso no futuro.

Amplie a equipe. Contrate novos funcionários e delegue tarefas.

Amplie os negócios. Pergunte como estão os seus concorrentes e se outras startups apareceram no seu nicho. Talvez seja hora de lançar um novo produto, reformular o USP ou alterar sua estratégia de marketing.

Conclusão
Ao iniciar uma startup do zero, o principal é realizar uma análise preliminar cuidadosa: escolher um nicho, formular uma USP e fazer um plano de negócios. Essas tarefas podem levar mais de uma semana, mas aumentam muito as chances de sucesso.

Precisa de ideias para inspiração? A cada ano, os analistas da Forbes selecionam as 25 empresas que mais cresceram e estão se aproximando do primeiro bilhão. Aqui estão três startups da lista de 2019:

Chainalysis. O software rastreia como as pessoas usam criptomoedas. Essa tecnologia ajuda a evitar a lavagem de dinheiro e a encontrar criminosos.
Dave. O aplicativo de contabilidade de despesas alerta aos usuários sobre uma possível entrada no cheque especial. Foi baixado quase 10 milhões de vezes em dois anos.
Grove Collaborative. É concorrente da Amazon no mercado de comércio eletrônico. Vende apenas produtos naturais – de pasta de dente a enxugador.
Lembre-se, toda startup é baseada em uma ideia inovadora. Fique de olho nas tendências, observe o futuro e comunique-se ativamente com as pessoas para entender o que está faltando no mercado.

Procurando o que investir em 2022? Veja os potenciais negócios

Devido ao “Novo Normal” que estamos vivendo, estando diante de um cenário bastante complicado e repleto de dúvidas. Mas a chamada “luz no fim do túnel” existe e estamos caminhando até ela. Com isso, alguns negócios são promessas para fazerem sucesso. Então, você está procurando umas dicas de negócios para investir. Está no lugar certo.

Para te ajudar a escolher qual melhor negócio investir em 2022, preparamos essa lista com algumas das áreas que, de pesquisas são os mais indicados para apostas. Nos quais tem tudo para dar certo – se for bem administrado, claro -. Então aproveite a lista:

E-COMMERCE DE INFORMÁTICA
As lojas online da categoria de informática tiveram um aumento de 50%no valor médio de compra dos clientes e um crescimento de 101% no faturamento no segundo trimestre de 2020.

Esse negócio pode ser focado na venda de computadores e notebooks, além de peças e acessórios, ou montagem de computadores sob encomenda.

COMÉRCIO DE VESTÍVEIS
De acordo os dados do IDC (Internacional Data Corporation) publicados na Mobile Time. As vendas de vestíveis cresceram 265% no primeiro trimestre de 2020 e alcançou um faturamento de R$ 438 milhões,

Entre smartwatches e fitbands (relógios e pulseiras conectados), foram vendidos mais de 318 mil dispositivos vestíveis no país nesse período.

Logo, vale a pena apostar na venda desses dispositivos para 2021, já que a tendência veio para ficar.

VENDA DE PRODUTOS VEGETARIANOS E VEGANOS
Segunda a pesquisa mais recente do Ibope sobre hábitos alimentares, publicada em 2018 no G1, 14% da população brasileira já se declara vegetariana (30 milhões de pessoas).7

Além disso, 55% dos brasileiros afirmam que consumiriam mais produtos veganos se os ingredientes estivessem indicados na embalagem, enquanto 60% escolheriam a opção vegana se tivesse o mesmo preço do produto que costumam consumir.

VENDA DE COSMÉTICOS NATURAIS E ARTESANAIS

Na opinião de Thiago Pissaia, idealizador da marca curitibana de cosméticos artesanais Nesh, a população está buscando a naturalidade dos produtos que eram vendidos nas décadas de 1940 e 1950, que tinham menos aditivos químicos e não representavam riscos à saúde.

Segundo um estudo da plataforma Teads publicado em 2020 na Brazil Beauty News, 62% dos brasileiros acreditam que os cosméticos deveriam ser formulados apenas com ingredientes naturais e orgânicos.

Apesar de ser recente no Brasil, o segmento tem grande potencial de crescimento para 2022, pois está em sintonia com as mudanças de hábitos dos consumidores pós-pandemia.

NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS
O mercado imobiliário foi um dos mais resilientes durante a crise do Coronavírus, com crescimento de 8,4%na venda de apartamentos, segundo dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) publicados na Gazeta do Povo.

Já os financiamentos imobiliários saltaram 70,1% em setembro, em comparação com o mesmo mês de 2019, segundo dados da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) publicados no mesmo artigo.

Ele afirma à Gazeta do Povo que o mercado está muito otimista para investir em 2022, quando o fornecimento de insumos deve ser normalizado e os lançamentos devem voltar a crescer.