Agência de marketing digital e publicidade na cidade de São Paulo

Os mitos de SEO que você precisa parar de acreditar

Os Mitos De SEO Que Você Precisa Parar De Acreditar Em 2023 Já ouviu falar em "Esmola demais o santo desconfia" Listamos os 10 maiores mitos de SEO que você precisa parar de acreditar em 2023

Você já ouviu falar nos mitos de SEO? O SEO é um dos serviços de marketing digital mais buscados nos últimos anos, ainda mais que a disputa para dominar o ranking das pesquisas estão e ficarão cada vez mais acirrada.

Porém, assim como as empresas estão buscando cada vez mais participarem dessas disputas, novos profissionais ou “profissionais” surgem no mercado e se especializam nessa metodologia que é o Search engine optimization.

O grande problema desses mitos é que eles acabam prejudicando as empresas e os empresários, principalmente por iludirem com falsas promessas de dominar o maior e o mais competitivo buscador do mundo.

Então, neste artigo resolvemos listar os 10 maiores mitos sobre SEO que você empresário precisa saber antes de sair confiando seu marketing digital a qualquer “profissional” do mercado.

Antes, existem alguns mitos sobre SEO que de tão repetidos por aí, acabam se tornando uma “verdade” que acaba se propagando sem que ninguém conteste.

Você já ouviu falar nos mitos de SEO? O SEO é um dos serviços de marketing digital mais buscados nos últimos anos, ainda mais que a disputa para dominar o ranking das pesquisas estão e ficarão cada vez mais acirrada.

Os 10 principais mitos de SEO

Listaremos abaixo os maiores mitos de SEO para que você se questione antes de terceirizar suas estratégias de marketing digital. Lembrando que esses mitos são considerados mentiras pelo Google, Microsoft e empresas do grupo Meta.

Caso queira contestar qualquer mito citado neste artigo você pode consultar as diretrizes de cada empresa citada.

 

SEO é uma técnica secreta que apenas especialistas podem dominar.

SEO é uma técnica que pode ser aprendida por qualquer pessoa interessada. Embora existam especialistas, ou agências especializadas em SEO, qualquer um pode aprender as técnicas básicas de otimização de mecanismos de pesquisa.

Esse mito é bastante usado por grandes GURUS do mercado de que “SEO é para quem entende” e isso é o nosso primeiro mito a ser revelado. Qualquer pessoa pode saber sobre e ser um especialista em Search Egine Optimization.

A grande dificuldade de ser um especialista em SEO é que as ferramentas são complexas, as vezes você precisa dominar várias ferramentas, saber analisar dados e ser proativo, tendo em vista que o SEO e suas técnicas sofrem mudanças repentinas a cada novo movimento dos usuários.

A inclusão excessiva de palavras-chave pode ser prejudicial ao seu ranking, pois o Google considera isso uma prática de "spam". O uso adequado de palavras-chave é importante para o SEO, mas a qualidade do conteúdo é mais importante do que a quantidade de palavras-chave.

Quanto mais palavras-chave você incluir em uma página, melhor será o seu ranking.

A inclusão excessiva de palavras-chave pode ser prejudicial ao seu ranking, pois o Google considera isso uma prática de “spam”. O uso adequado de palavras-chave é importante para o SEO, mas a qualidade do conteúdo é mais importante do que a quantidade de palavras-chave.

Se a otimização para mecanismos de busca fosse resumida com palavras-chave o mundo seria muito mais fácil. Mas infelizmente não é assim. As palavras chaves deixaram de ser relevantes a algumas atualizações dos mecanismos atrás.

Para os principais buscadores, como Google e Bing, as palavras chaves continuam sendo usadas como um fator de ranqueamento, mas deixaram de ser o único fator.

Hoje os buscadores estão usando vários outros fatores para apresentar uma melhor experiência para os usuários em suas SERP´s.

 

O SEO é um processo rápido que pode garantir resultados imediatos.

SEO é um processo contínuo e leva tempo para ver resultados. Não existem soluções rápidas e fáceis para o SEO, e é importante ter paciência e ser consistente na implementação das técnicas de SEO.

Então, aquele negocio de “faça SEO e apareça em primeiro” pode até ser possível, mas levará algum tempo para que isso aconteça.

Backlinks de baixa qualidade podem prejudicar o seu ranking. O Google leva em consideração a qualidade dos links que apontam para o seu site, e backlinks de baixa qualidade ou de sites não confiáveis podem prejudicar o seu ranking.

Backlinks de baixa qualidade não afetam o ranking do seu site.

Backlinks de baixa qualidade podem prejudicar o seu ranking. O Google leva em consideração a qualidade dos links que apontam para o seu site, e backlinks de baixa qualidade ou de sites não confiáveis podem prejudicar o seu ranking.

Atualmente algumas empresas trabalham vendendo backlinks em massa, ou seja, você compra X números de links em X números de sites achando que seu site vai passar a ter relevância por ter inúmeros sites referenciado o seu.

Cuidado! Sites com baixa relevância, vírus, malware, sites fora dos seus ramos de atuação afetam diretamente o seu site na hora de aparecer na SERP, além disso, isso pode ser penalizado pelos buscadores.

O Google é capaz de identificar conteúdo duplicado e penalizar sites que o usam. É importante criar conteúdo original e exclusivo para o seu site.

O Google não é capaz de identificar conteúdo duplicado.

O Google é capaz de identificar conteúdo duplicado e penalizar sites que o usam. É importante criar conteúdo original e exclusivo para o seu site.

Ao longo dos nossos anos de atuação no mercado encontramos muitos sites com páginas duplicadas, profissionais que publicam o mesmo artigo em vários sites diferentes, ou algo cópia e cola.

Os buscadores, em especial o Google, já estão esquematizados para identificar arquivos duplicados dentro e fora do seu site, além disso, duplicar conteúdo é passível de penalização nos maiores buscadores.

 

SEO é um processo único e que não precisa de manutenção contínua.

SEO é um processo contínuo e requer manutenção regular para garantir que o seu site esteja otimizado para os mecanismos de pesquisa.

Para se ter uma noção, a cada 15 dias os usuários mudam o seu comportamento no momento da pesquisa nos buscadores e o SEO precisa acompanhar esses movimentos.

Então, se você quer contratar um especialista de SEO ou confiar suas estratégias de otimização para os mecanismos de buscas para uma agência, tenha em mente que esse processo deve ser continuo.

 

A densidade de palavras-chave é o fator mais importante no ranking.

A densidade de palavras-chave não é o fator mais importante no ranking. É importante usar palavras-chave relevantes de forma natural e incluí-las no título, na meta descrição e no conteúdo do seu site.

Atenção, nada de sair incluindo milhares de palavras-chaves sem relevância ou sem concordância com seu conteúdo achando que seu site vai aparecer em primeiro nos buscadores, isso também pode ser passível de punição.

 

Qualquer link externo é bom para SEO, independentemente de sua qualidade ou relevância.

A qualidade e relevância dos links externos são importantes para o SEO. É melhor ter alguns links de alta qualidade do que muitos links de baixa qualidade.

Como já mencionado, ao longo de alguns anos, notamos alguns clientes que tinham inúmeros links em seus artigos em blog, muitos deles sem relevância ou com links de baixíssima qualidade.

A utilização de links é apenas para praticar a relevância do seu artigo, a utilização exagerada dos links externos pode prejudicar o seu posicionamento nas pesquisas.

O Google não é capaz de ler texto em imagens ou vídeos.

O Google é capaz de ler texto em imagens e vídeos, mas é importante usar tags alt e descrições adequadas para ajudar o Google a entender o conteúdo.

Não se engane em colocar vídeos e imagens fora do seu conteúdo, o Google e seus buscadores são capazes de ler, ouvir e interpretar vídeos e fotos incluídos entre os seus conteúdos.

As redes sociais podem afetar indiretamente o ranking do seu site, mas não diretamente. As redes sociais podem ajudar a aumentar o tráfego do seu site e aumentar a visibilidade, o que pode levar a mais links de alta qualidade e melhorar o seu ranking.

As redes sociais não afetam o ranking de um site nos resultados de pesquisa.

As redes sociais podem afetar indiretamente o ranking do seu site, mas não diretamente. As redes sociais podem ajudar a aumentar o tráfego do seu site e aumentar a visibilidade, o que pode levar a mais links de alta qualidade e melhorar o seu ranking.

 

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE TEMA? COMENTE!

Tenha uma equipe completa trabalhando para o sucesso da sua empresa.

 Já auxiliamos + de 250 empresas com estratégias de marketing que geraram resultados satisfatórios.

Receba no seu E-mail

Somos mais de 8k pessoas que recebem nossas dicas de marketing por e-mail. Junte-se Também!

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso.

Ao enviar este formulário você concorda que os dados pessoais fornecidos serão transferidos para a Brevo para processamento de acordo com a Política de Privacidade 

Agência de MKT: Como funciona uma agência de marketing digital? Como escalar vendas no Google Ads? 6 dicas infalíveis Nutrição de Leads: Guia com Passo a Passo para Você Seguir! O que é Storytelling e como vender usando essa prática? Agência de Marketing Digital B2B: 5 Benefícios para sua Empresa Como atrair mais clientes no Google Ads? 5 Passos Tráfego pago e orgânico: Como usar as duas estratégias? Inbound Marketing para B2B: 5 Dicas para Gerar Mais Leads O que é CPC, CPA e CPM no tráfego pago? Descubra Tráfego Pago no Google Ads: Descubra Como Escalar Suas Vendas